terça-feira, abril 25, 2006

Quinta da Alorna Colheita Tardia 2003

Este vinho branco faz-se com as uvas já em passa, daí designar-se por colheita tardia. No entanto, o clima seco do Ribatejo evita o surgimento da podridão nobre em grande escala. Este vinho provêm de uvas da casta fernão pires e estagiou 12 meses em barricas de carvalho.

Região: Ribatejo
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu
Teor alcoólico: 14%
Produtor: Quinta da Alorna Vinhos

3 comentários:

João Barbosa disse...

O clima seco ribatejano não permite a criação dum verdadeiro colheita tardia naquela região. Contudo, este é um vinho interessante. Porém, a falta da podridão nobre torna o vinho um pouco excessivo no doce, faltando-lhe o gume cortante do fungo. Por mim, achei que foi lindamente a acompanhar sortido húngaro.

P.Rosendo disse...

Belo vinho a acompanhar a sobremesa. Não sou conhecedor mas apreciei apesar de considar doce demais para o meu paladar.

Nota 6/10.

Jorge Gamboa disse...

Dou 5,5/10